O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), criado pela Lei nº 11.892/2008, é resultado das mudanças promovidas no antigo Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia (Cefet-BA). Com tradição centenária no ensino técnico-profissional e há mais de uma década no ensino superior, o Instituto atua em sintonia com as demandas profissionais do mercado de trabalho.

O IFBA é uma instituição comparada às universidades, mas possui uma estrutura diversa e mais ampla, pois opera desde a formação básica, passando por cursos de nível médio, até a graduação e pós-graduação. Possui ainda 25 grupos de pesquisa e oferece cerca de 200 bolsas na área. Desenvolvendo pesquisa aplicada, contribui para a cultura empreendedora e tecnológica do estado.

Com a expansão da Rede Federal de Educação Profissional, o objetivo é que, até o final de 2010, o IFBA englobe os nove campi já existentes - Salvador, Camaçari (Núcleo Avançado em Dias D´Ávila), Santo Amaro, Simões Filho, Valença, Vitória da Conquista (Núcleo Avançado em Brumado), Eunápolis, Barreiras e Porto Seguro, além dos novos campi que serão implantados em Feira de Santana, Jequié, Ilhéus, Jacobina, Irecê, Paulo Afonso e Seabra, totalizando 16 campi.

 Em 2009, O IFBA, em conjunto com as instituições que compõem a Rede Federal, comemorou os 100 anos de Educação Profissional e Tecnológica. Criada a partir do Decreto nº 7.566, de 23 de setembro de 1909, com a implantação de 19 Escolas de Aprendizes Artífices, a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica completa um século de ensino profissional gratuito e de qualidade.

Galeria de Fotos

Campanha #ZikaZero
Instalações do campus Valença
Cerimônia de formatura do Curso Profuncinário
Formatura de Robson Barreto.
Defesa de Mestrado de Patrícia.